Dicas para fazer compras na Califórnia

Pode falar o que quiser, mas viajar para os Estados Unidos e não fazer umas comprinhas, é muito difícil. As opções são imensas e os preços bem mais baratos dos que os praticados no Brasil. Até eu consegui aflorar o meu impulso consumista e olha que eu sou super controlada com grana.

Antes de se jogar, dá uma olhada nessas dicas:

1. Assim como em vários lugares do mundo, para fazer boas compras, é melhor pesquisar preços.

2. Fique atento às promoções, são inúmeras, têm cupons, leve 3 pague 2, descontos e por aí vai.

3. Na maioria das lojas, os descontos não estão nos preços das etiquetas, eles só são acrescentados na hora de passar no caixa.

4. Vá durante as trocas de estações, tudo em promoção.

5. Os impostos também somente são acrescentados na hora de pagar as compras e variam de acordo com a loja e o estado.

6. Os melhores lugares para comprar maquiagens, na minha opinião são o Walmart, a Target, a Walgreens e a CVS. Os preços variam, pesquise.

7. Separe o dinheiro para comprar uma segunda mala!

Shoppings em OC

Os shoppings na Califórnia geralmente são ao ar livre, os meus favoritos em Orange County são:

Market Place – que era bem perto da casa que eu morava em Tustin e tinha a Ross Dress for Less (legal para achar umas roupas de marca baratas), a Vans, a Target e a Best Buy.

The Outlets at Orange – quando eu fui tinha produtos da Victoria Secret por US$ 3, outlets da Hollister, da Tommy Hilfiger e da Nike. Além da pista de skate da Vans, a loja de instrumentos musicais Guitar Center e um dos meus junk foods favoritos, o Buffalo Wild Wings.

Vans Skate Park

South Costa Mesa – aqui tem a Zara, a Abercrombie, a GAP e lojas bacanudas, como Rolex, Michael Kors e Prada. Ainda você pode acessar o wi-fi de graça.

Irvine Spectrum Center – se quiser sair com um iPhone sem medo dele não funcionar no Brasil, vá na loja da Apple e peça um aparelho desbloqueado. O shopping abriga lojas tradicionais como a Forever 21, a H&M e a Macy’s. Na verdade, quase todos os centros de compras tem essas lojas.

Irvine Spectrum Center

Comprar comida nos supermercados da Califónia!

O que fazer em Las Vegas?

As principais atrações de Las Vegas acontecem dentro dos hotéis, por isso, é legal passear por eles, e até se perder, para conhecer o que a cidade tem de melhor.

Na minha opinião, Las Vegas é um passeio incrível para quase todas as idades. Acho que os únicos que sofrem um pouco são os adolescentes, por não poderem entrar em bares e baladas, lembrando que aqui a maioridade é aos 21 anos

. A cidade tem uma ótima programação até para as crianças.

Onde ficar?

Eu me hospedei em um hotel mais em conta, o Fortune, mas ele era próximo a Strip. O café da manhã era ruim e não tinham atrações especiais, o mais errado é que mesmo assim você tinha que pagar uma taxa de resort.

Aliás, o resort fee é o que eles usam para aumentar os valores das diárias dos hotéis, ai parece que eles são mais baratos do que realmente são.

De qualquer forma, se você puder se hospedar em um hotel top e não tradicional, faça isso. Veja algumas opções aqui!

Onde comer?

Quem vai a Las Vegas geralmente se acaba nos buffets. Eles ficam dentro dos hotéis também e possuem opções para café da manhã, almoço e jantar. Neles você paga um valor fixo e come a vontade.

O que fazer?

Há atrações que são gratuitas, mas a maioria são pagas. Seguem os lugares que eu consegui visitar em um final de semana, fora a outlet e a balada.

1. Fremont Street Experience: fica em downtown e é onde estão os cassinos mais antigos da cidade e as lojas mais baratas de souvenirs. À noite, a rua conta com atrações musicais, artistas de rua fantasiados e um verdadeiro show de luzes no teto. Gratuito.

Fremont Street

2. Flamingo: atrás do hotel você pode ver flamingos e outros animais. Gratuito.

Flamingo

3. Sinal de Las Vegas: o famoso letreiro “Welcome to Fabulous Las Vegas” fica no início da Strip e é ponto de parada obrigatório para fotos. Gratuito.

4. Shark Reef, no Mandalay Bay: é um aquário que tem tubarões. Acho que paguei cerca de US$ 19 para visitá-lo.

Aquário

5. The Big Apple Coaster & Arcade, no New York New York: é uma montanha-russa que fica na área externa do hotel. Preço: US$ 14.

New York New York

6. Fontes do Bellagio: um espetáculo das águas que você pode ver várias vezes e não enjoar, lindo demais. Gratuito.

Bellagio

7. Jardim e Conservatório do Bellagio: ele fica no lobby do hotel e a decoração é trocada constantemente. Quando fui, o tema era o ano novo chinês. Gratuito.

Jardim Bellagio

8. Madame Tussauds: o museu de cera que tem bonecos de celebridades que parecem bem reais. Os valores variam bastante, pois há cupons de descontos que você ganha passeando pela Strip, mas acredito que seja cerca de US$ 19.

9. Siegfried & Roy’s Secret Garden e Dolphin Habitat, no Mirage: para quem quer estar perto de leões brancos, tigres brancos, panteras, leopardos e golfinhos. Preço US$ 15.

10. Volcano, no Mirage: é um show de água e fogo na frente do hotel. Sensacional. Gratuito.

11. Torre do Stratosphere: excelente para ver Las Vegas do alto, se você gosta de adrenalina, pode arriscar ir nos brinquedos nas alturas ou até mesmo pular de lá. Para subir na torre, o valor é de US$ 18.

Las Vegas

12. Circus Circus: o hotel oferece atrações circenses. Gratuito.

Circus Circus

13. Loja da M&M’s: fica perto do MGM e tem três andares para você se divertir e tirar fotos com os bonecos gigantes.

Você pode conseguir descontos para diferentes atrações, inclusive para comer, em uns quiosques espalhados pela cidade.

Veja os locais de compras e conheça as baladas de Vegas!

Compras em Las Vegas

Las Vegas pode ser um bom lugar para fazer compras. Em cada extremidade da cidade há uma Outlet Premium com descontos que vão de 25% a 65% nos produtos. Há ainda as lojas de grifes e de souvenir.

Outlet

A North conta com cerca de 150 lojas, incluindo GAP, Nike, Adidas, Armani, Calvin Klein, Diesel, Vans, Michael Kors, Ecco, Tommy Hilfiger, Guess e muito mais.

A South tem aproximadamente 140 lojas, entre elas Converse, Carter’s, Volcom, Aeropostale, Quilksilver, Reebook, Timberland, Nike, GAP, Crocs e muito mais.

A The Fashion Outlets at Las Vegas fica entre Las Vegas e Los Angeles e tem shuttles que saem do MGM, do Fashion Mall e do Miracle e vão até o shopping.

Souvenir

Compras Las Vegas

A Fremont Street é o local ideal para comprar os souvenirs, lá eles são bem mais baratos e não irá faltar opção, tem camiseta, boné, canetas, baralhos, fichas e por aí vai.

Grifes

Agora se você quer comprar produtos daquelas marcas tops, tipo Prada, Versace, Christian Dior, Louis Vuitton, Christian Dior, ou apenas dar uma olhadinha, pode visitar o Crystals, na City Center ou o Forum Shops, no Ceasars Palace.

Strip

O Fashion Show Las Vegas tem um design bem legal, é grande, fica no meio da Strip e conta com as marcas tradicionais tipo Macy’s, Forever 21, Abercrombie &Fitch e Zara.

Há lojas espalhadas pela Strip e dentro dos hotéis também. Dá até para achar sex shops gigantes nas proximidades.

Saiba o que fazer em Las Vegas! 

As melhores baladas de Las Vegas

O difícil mesmo é achar um horário em que não haja uma festa rolando na cidade. Em Las Vegas são 24 horas de pura diversão. A frase “O que acontece em Vegas, fica em Vegas” é ouvida a todo momento.

Pool Party

No verão, não dá para deixar de curtir pelo menos uma pool party. Elas acontecem em alguns hotéis, como Hard Rock. o MGM e o Encore. Gente bonita, muita música e bebidas alcóolicas.

Super Bowl Parties

No final de semana que eu estava em Las Vegas, muitos turistas foram para a cidade para curtir as Super Bowl Parties, que acontecem nos bares dos hotéis, durante a final do evento que é tipo Copa do Mundo para os americanos.

Baladas

Agora se você acha que já ostentou em uma balada no Brasil, prepare-se para conhecer os verdadeiros reis dos camarotes e as periguetes gringas.

Camarote Las Vegas

Em Las Vegas, as champas e as vodkas são de cinco litros e o copo da galera do camarote não fica vazio, tem cerveja e até umas bebidas coloridas, as “balinhas” também são free.

As mulheres abusam daqueles vestidinhos colados e curtos. Elas não se importavam se eles subiam enquanto elas dançavam até o chão, se esfregando nos caras ou se estava frio lá fora.

Agora se o seu objetivo for beijar na boca, vai sofrer resistência por parte das garotas.

XS

Geralmente, DJ’s famosos tocam nas baladas, levando a galera a loucura. Os preços de entrada variam entre US$ 20 e US$ 30, barato pelo nível dos locais, se comparado as chamadas baladas tops brasileiras.

Eu recomendo a XS Nightclub, que fica no Wynn e a Marquee Nightclub e Dayclub, que fica no The Cosmopolitan. O melhor, e mais barato, é comprar os ingressos antecipados na internet.

Cassinos

Cassino em Las Vegas

Os cassinos ficam abertos o tempo inteiro e a decoração acompanha o tema de cada hotel.

Saiba mais sobre Las Vegas no Nah Estrada!

Viagem de ônibus entre Santa Ana e Las Vegas

A viagem entre Santa e Las Vegas pode ser feita em cerca de três horas de carro, mas eu optei por ir de ônibus e levei aproximadamente seis horas.

Sobre o ônibus

Desta vez, tentei conseguir uma empresa com um ônibus mais confortável, com wi-fi e tomadas, mas não foi bem assim. Só tive esses benefícios na ida, na volta o ônibus era bem velho e não tinha nada, nem o logo da companhia.

Compra de tickets

Comprei os tickets pela internet, lembrando que quando antes você reservar, mais barato fica.  A Greyhound tem saídas de outras cidades também e até mesmo de Los Angeles.

Eu paguei US$ 65,00 ida e volta mais US$ 2,50 de taxas.

O percurso

O caminho conta com uma paisagem sensacional, muito pelas nuvens que se misturam as montanhas. Dá vontade de sair fotografando cada trecho, para tentar transmitir na foto o que você viu naquele momento.

Tem uma parada para comer e algumas para embarque e desembarque.

A saída é na estação de trem de Santa Ana e a chegada é no centro de Las Vegas, próximo a Fremont Street.

Saiba o que fazer em Las Vegas!

Veja as dicas das melhores baladas de Vegas!

Onde comprar em Las Vegas!

Comprar comida nos supermercados da Califórnia

Não dá para comer sempre fora quando se está viajando com a grana reduzida ou fazendo um intercâmbio. Sinceramente, eu até acho legal comprar comida nos supermercados, principalmente, nos Estados Unidos.

conte com a Praticidade americana

Eu tenho uma teoria sobre o país: se alguma coisa parecer difícil de fazer é por que você está fazendo do jeito errado. Então, abrir qualquer embalagem, preparar uma comida, tudo é muito pratico e geralmente rápido.

O arroz demora uns dez minutos para ficar pronto. O feijão vem em lata, mas sem tempero. Os legumes são congelados. Os leites geralmente têm sabores diferentes, de chocolate a amêndoa.

Há muitos pratos congelados e misturas prontas, tipo as de bolo. Águas de sabores variados também e as tradicionais sopas enlatadas são gostosas e baratas.

Eu amo manteiga de amendoim, então estava no paraíso. As panquecas no café da manhã de domingo também eram ótimas pedidas.

Duas coisas que eu descobri e sinto falta são: a pipoca pronta de vários sabores, que eu acho que era da Dr. Oetker, e as barras de cereais da Kellogg’s.

Qualidade, tamanho e preço

A qualidade dos alimentos é ótima. As saladas vêm lavadas, as frutas cortadas, mas não são baratas, não.

Parece que tudo é em tamanho família, mas, se você procurar bem, acha alguns produtos que não são em tamanhos exagerados.

Tudo tem uma versão light e com menos sódio, dá para tentar ser um pouco saudável.

Supermercados da Califórnia

Um dos meus passeios favoritos era ir ao Walmart, amava os cookies e quase tudo de lá.

Para mim, o forte da Target eram mais outros tipos produtos, como eletrônicos, higiene, maquiagem, sem ser os alimentos.

O Ralph’s e o Vons são bem comuns na Califórnia também, mas eu achava que eles eram mais caros.

Eu também gostava muito de ir ao Stater Bros, ficava perto da casa que eu morava, era mais barato e tinha café do Starbucks de caixa grande e de garrafinha.

Resumindo, os brasileiros podem se virar bem nos Estados Unidos, até aquele mito de que não há leite condensado por lá foi quebrado, achei várias latas no Walmart.

Saiba mais sobre as delícias da Califórnia!

Onde comer na Califórnia?

Não é difícil achar onde comer na Califórnia. As comidas são deliciosas em sua maioria. Então, na verdade, selecionei aqui os meus lugares favoritos.

Comida apimentada

Se você gosta de comida apimentada, a Califórnia, e talvez os Estados Unidos, seja o seu lugar. O problema é que eu odeio pimenta e sofri um pouco no quesito alimentação, pelo menos até aprender a pedir minhas refeições.

Cheguei já encarando um sushi com wasabi no meio. Depois vieram os frangos, as comidas chinesas, havaianas, mexicanas e por aí vai, tudo picante.

Indicações de restaurantes

Não fiz nem um pouco de dieta enquanto estive por lá, enfiei o pé na jaca mesmo. Muitas vezes, para não correr o risco de errar no pedido, optava por hambúrguer ou pizza.

Ruby´s

O meu preferido era o Ruby’s, mas quando queria economizar apostava no In-N-Out Burger. O Denny’s também é gostoso e econômico. Eu só ia ao McDonald’s em último caso e sempre pedia wrap, que era bem barato. Não fui ao Burger King e nem ao Subway nem uma vez.

In-N-Out Burger

O cachorro-quente é só pão com salsicha, comi só uma vez, sem graça perto dos brasileiros.

Hot Dog

O Buffalo Wild Wings é um bar de esportes bem legal e as asas de frango são uma delícia.

Buffalo Wild Wings

Em San Diego, eu gostei bastante do tradicional fish and chips do The Tin Fish Gaslamp.

The Tin Fish Gaslamp

Em San Francisco, a dica é pelo menos experimentar a Clam Chowder, do Boudin.

Boudin

Em alguns shoppings, achei restaurantes franceses que vendiam crepes. Eles também estavam nas minhas escolhas certas, quando não queria errar no tempero.

COMIDA SAUDÁVEL

Comida saudável mesmo eu fazia em casa ou comia uma saladinha com frango em um lugar que eu não me lembro o nome, mas ficava no shopping de Costa Mesa.

Salada

Tem algumas casas de suco e de açaí em terras californianas.

Doces

Os doces são maravilhosos. Vale a pena provar o cupcake de cheesecake, da Casey´s Cupcakes.

Casey´s Cupcake

Cafés

Starbucks nos Estados Unidos é um em cada esquina, tomava café lá quase todos os dias. Mas há outras opções de cafeterias gostosas também que valem a pena experimentar.

Informações úteis

Geralmente, nos restaurantes você faz o pedido no caixa e espera levarem na mesa ou te chamarem. Se tiver um garçom, você tem que dar 15% de gorjeta.

A água muitas vezes é de graça. Os refrigerantes são bem baratos e quase sempre tem refil.

As porções geralmente são generosas e quase tudo acompanha batatas-fritas.

Em relação aos preços, tem para todos os bolsos, mas a minha dica é não converter real para dólar na hora da comida.

Quer saber como comprar comida nos supermercados? Veja no Nah Estrada!

 

O que fazer em San Francisco?

Fiquei pouco tempo em San Francisco, mas, com muito empenho e disposição, consegui visitar todos os pontos turísticos que eu desejava. Então, saiba o que fazer em San Francisco!

9 Atrações em San Francisco

  1. Lombard Street a ladeira é famosa por ser em zigue-zague.Lombard Street
  2. Alcatraz o presídio abrigava os presos mais temidos dos Estados Unidos, entre eles o Al Capone. Para chegar até lá, peguei o Alcatraz Cruises, comprei o ingresso antecipado pela internet. A visita é sensacional, guiada por meio de fones de ouvidos, em diferentes idiomas.    Alcatraz
  3. Fisherman’s Wharf e Pier 39 é tipo um shopping a céu aberto. Tem muitas lojas e restaurantes. Aqui é possível tomar a típica Clam Chowder Soup, no Boudin, ver leões-marinhos e comer um chocolate no Ghirardelli. No bairro há souvenir à venda, mas achei que eles não eram de uma boa qualidade. Pier 39
  4. Golden Gate Bridge – a famosa ponte liga San Francisco a Sausalito. Há uma linha de ônibus que atravessa a ponte e outra que vai até o começo dela. 
  5. Palace Fine Arts – lindo, lindo, lindo. Um visual incrível, dentro e fora do palácio.Palace Fine Arts
  6. Crissy Field – o local perfeito para apreciar o pôr-do-sol atrás da Golden Gate Bridge. Crissy Field
  7. Golden Gate Park – o parque é gigante, dá para se perder fácil, por isso, é importante a ajuda de um mapa. O lugar conta com campo de golfe, futebol, baseball, área para pic nic, para fazer churrasco, jardins, museus e muito mais.Golden Gate Park
  8. Alamo Square – o bairro é perfeito para apreciar a arquitetura vitoriana.
  9. Chinatown – essa é a maior Chinatown fora da Asia. Parece até que você mudou de país, após passar somente por um túnel. Quando visitei o bairro, era a época do ano novo chinês, tinham muitas festas, feiras e uma decoração especial por lá.Chinatown

Como não amar San Francisco?

Como não amar San Francisco?

Era o que eu me perguntava o tempo todo no final de semana que passei por lá: como não amar San Francisco? As casinhas vitorianas, os prédios com escadas de emergência externas, o clima, a paisagem, os parques, os bondes, não sei, acho que tudo isso junto me encantou.

Hostel em San Francisco

Fiquei hospedada no Hostelling Internacional San Francisco Downtown. O lugar é bem aconchegante, limpo, com recepcionistas simpáticos, cozinha grande, wi-fi e uma localização excelente, próximo a Union Square.

san_francisco_bonde

O único problema é que nesta região central tem muito mendigo, mas é em downtown que estão as baladas, restaurantes, bares, lojas e shopping.

Transporte público

Ao contrário de outras cidades da Califórnia, eu achei que o transporte público de San Francisco é eficiente. Comprei o passe do dia na Walgreens e pude fazer quantas viagens precisei por um valor fixo.

Muitas pessoas não pagavam as passagens, mas achei melhor não arriscar, gosto de fazer o certo.

O importante é que a cidade encanta logo a primeira vista. Nem eu e nem ninguém que eu conheço conseguiu explicar direito o motivo de tanto encantamento. Se você descobrir, compartilha aí nos comentários!

Saiba o que fazer em San Francisco?

Como ir de Los Angeles a San Francisco de ônibus!

Los Angeles a San Francisco de ônibus

Sim, a viagem de Los Angeles a San Francisco de ônibus é longa. São cerca de nove horas na estrada. Porém, acredito que o custo x benefício valha a pena.

Se você não tem grana para alugar um carro ou pagar uma passagem de avião, essa é uma alternativa para não deixar de conhecer a cidade.

Empresas de ônibus

Eu viajei pela empresa Califórnia Shuttle, o preço é sensacional, chegando a US$ 20 por trecho, mas não é assim muito confortável e o ônibus é antigo.

Uma outra empresa que custava cerca de US$ 50, a Mega Bus, me parecia melhor. Ônibus mais novos, com wi-fi e tomadas.

Locais de saída e de chegada

Os dois possuem saídas da Union Station, em Los Angeles, mas eles passam por outros pontos de paradas pela cidade e por Santa Mônica.

Eu desci na Union Square, em San Francisco, bem pertinho do meu hostel, mas também há outras paradas por lá. Vale verificar o itinerário!

Valores e estrada

Os preços variam de acordo com a data de compra, quanto antes melhor.

A estrada é bastante tranquila. A paisagem muda um pouco no decorrer da viagem, mas o que me deixou impressionada eram as lavouras secas por causa da falta de chuva. Dava até dó.

Saiba o que fazer em San Francisco!

Veja as atrações de Los Angeles!