Alugar scooter em Roma

Como alugar uma scooter em Roma?

Se você, como eu, cresceu vendo filmes em que as personagens andam de scooter – lambreta –  em Roma, definitivamente não pode deixar essa oportunidade passar. Para dar uma forcinha, vou mostrar nesse post como alugar uma scooter em Roma!

 Onde alugar uma moto em Roma?

Baseado na localização do meu hostel, fui a dois lugares de aluguel de scooter o: On Road e o Bici and Baci. Os valores eram bem parecidos, dá cerca de 30 euros a diária da mais simples, sem pagar pelo combustível que é pouco.

Aluguei no Bici and Baci, pois não queria uma diária e sim quatro horas. Financeiramente não vale a pena, mas iria fazer a área do Coliseu e Foro Romano na parte da tarde e não valeria a pena ficar com o veículo.

O que você precisa para alugar uma scooter?

Carteira de motorista, brasileira mesmo, e não precisa ser com habilitação em moto. Na verdade eu aluguei a scooter com a minha CNH vencida. Esqueci a que vigente no hostel e eles nem notaram.

Vai precisar também de um cartão de crédito. Assim como acontece ao alugar um carro, eles passam um valor caução no seu cartão e depois fazem o estorno desse valor.

Precisa saber pilotar uma moto?

Acho difícil responder isso, pois eu já tive uma scooter na adolescência. Meu pai era bem irresponsável! Mas, enfim, apesar de fazer anos que eu não andava, tinha uma ideia do que deveria fazer.

O que posso dizer é que não é difícil e o pessoal da locadora dá umas dicas. Acredito que qualquer um possa tentar, mas com cuidado.

Como é dirigir em Roma?

Loucura, loucura, loucura! Brincadeiras a parte, eles não são as melhores pessoas no quesito respeitar as leis de trânsito. Você vai ver carros parados em fila dupla, pessoas atravessando fora da faixa, veículos disputando os espaços.

No começo dá um medo, mas depois você se acostuma. Começa a não ligar para os outros e curtir seu passeios. Lembre-se que eles estão no dia a dia e você quer aproveitar a cidade. Além de estar com um veículo pouco potente.

Dicas

  • É preciso ficar atenta as placas de trânsito, pois existem ruas que não permitem o trafego em determinados dias da semana e horário.
  • A minha maior dificuldade foi parar a scooter. Preste atenção nessa parte da explicação e dê uma treinada. Tive que pedir ajuda para parar.
  • Ande de moto depois que já se localizar na cidade. É bem difícil usar qualquer tipo de GPS. Vai ter que ficar parando de vez em quando e pode estar no caminho totalmente errado.

Quer saber o passeio que fiz de scooter? Confere no Nah Estrada!

Roteiro de 3 dias por Roma! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *