Compras em Milão

Compras em Milão: dicas de lojas acessíveis e de grifes

A cidade italiana é conhecida mundialmente como a capital da moda e não é para menos. Impressionantemente as pessoas se vestem de forma impecável e há muitas opções de lugares para fazer compras em Milão.

Você anda pelas ruas e vê homens com ternos bem cortados. Crianças com roupas lindíssimas. Vi algumas entrando no teatro e fiquei impressionada. As mulheres também estão antenadas na moda, mesmo quando o estilo é mais descontraído.

Um detalhe importante é que se engana quem pensa que só há lojas caras e de grifes famosas em Milão. Na cidade, tem opção para quem quer se vestir bem e não tem tanta grana assim.

Vou dar duas ideias de regiões para entrar na moda milanesa. Uma bem chique e a outra acessível.

Quadrilátero da Moda

O Quadrilátero da Moda é composto por quatro ruas: Via Montenapoleone, Via della Spiga, Via Sant’Andrea e Via Borgospesso. Lá estão concentradas as grifes mais badaladas do mundo. Chanel, Tiffany & Co., Montblanc, Prada, Dolce & Gabbana, Salvatore Ferragamo, Armani e muito mais.

Não tem grana para gastar nessas lojas? Tudo bem. Vai lá só para dar uma olhada nas vitrines e se sentir bem pobre. Ver é de graça.

Corso Vittorio Emanuele II

Dentro da Galleria Vittorio Emanuele II estão as lojas caras, mas ao redor dela há bastante opções acessíveis. No Corso Vittorio Emanuele II, por exemplo, tem a GAP, a Zara, a Mango, a loja da Disney, a Sephora, a H&M, a Pull & Bear e a Bershka – que é bem legal.

Eu gostei de uma loja que chama Alcott. Ela tem umas roupas legais e é bem barata. Tipo coisa de T-shirt 3,99 euros. Só não comprei muitas coisas, pois estava de mochilão e ainda tinha que continuar a viagem.

Na região, ainda é possível encontrar a Timberland, a Vans, a Diesel, a boutique da Nespresso, e a Abercrombie.

Veja um roteiro de dois dias em Milão!

Saiba onde se hospedar em Milão. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *