Harry Potter e o Porto

Amo a saga Harry Potter e não podia deixar de conhecer os lugares do Porto que inspiraram J.K. Rowling a compor as histórias mágicas dos meus bruxos favoritos.

O que J.K. Rowling tem a ver com o Porto?

A autora britânica mudou-se para cidade no início dos anos 90, após a morte de sua mãe, para trabalhar como professora de inglês em uma escola de idiomas.

Rowling chegou a se casar com um jornalista português. Eles tiveram uma filha nascida na Maternidade Julio Dinis, em 1993, chamada Jessica Isabel Rowling Arantes. Porém, a união era bastante tensa e ela decidiu deixar o país.

Dizem que…

O nome do primeiro livro da saga teria relação com o poema “Pedra Filosofal”, de Antônio Gedeão, a quem Manuel Freire deu voz. A obra faz parte da cultura portuguesa.

O grande Lago Negro foi inspirado no Rio Douro.

Os jardins do Palácio de Cristal, em que a escritora gostava de passar parte do seu tempo, serviram de cenário e de inspiração para as histórias.

A Nimbus 2000 e as outras vassouras foram inspiradas por uma visita de J.K. Rowling à Escovaria de Belomonte.

J.K. Rowling confirmou que…

O fundador da Casa Sonserina, Salazar Slytherin, foi inspirado no ditador português António de Oliveira Salazar.

O capítulo favorito da autora em A Pedra Filosofal, “O Espelho de Ojesed”, foi escrito em suas primeiras semanas no Porto.

Visitas obrigatórias para fãs e turistas em geral

Harry Potter e o Porto

Livraria Lello e Irmão

A livraria centenária em estilo neogótico é conhecida como uma das mais belas do mundo. Escadaria rebuscada, vitrais e bustos de autores portugueses famosos atraem muitos turistas.

Acredita-se que ela tenha sido a inspiração de J.K. Rowling para a Floreios e Borrões, além de ser a descrição de algumas salas de Hogwarts e da escadaria do Dumbledore.

Paga-se 3 euros para entrar na livraria, porém o valor pode ser descontado na compra de livros.

Café Majestic

J.K. Rowling gastava horas dos seus dias escrevendo em cafés da cidade e o Café Majestic era o seu preferido.

Ele está localizado no região central do Porto e é muito bonito. O local tem decoração dos anos 20 e recebe eventos culturais. É bastante turístico, quando fui tinha fila para entrar.

Uniformes! Torça para se deparar com um grupo de universitários

Harry Potter e o Porto

Já sabia que os uniformes dos alunos de Hogwarts tinham sido inspirados nos de universidades do Porto, porém me emocionei real quando entrei em uma viela e me deparei com um grupo de estudantes com as suas capas negras esvoaçantes.

O traje é uma tradição não só no Porto, como em outras cidades de Portugal. Ele é coberto por rituais e significados. Não é obrigatório, mas os estudantes se sentem honrados em usá-los.

Eles são geralmente compostos por peças negras e camisas brancas.Cada universidade tem um modelo e cada curso uma cor diferente.

Além de contar com emblemas que significam, por exemplo, o time de futebol, a faculdade e o local de origem. Semelhante as cores e os símbolos das casas em Harry Potter.

Minha amiga estudou no Porto e o marido dela em Braga, ambos usavam a vestimenta em suas respectivas universidades. Não tinha nenhuma lá, mas quando voltar vou poder vestir a capa dela. 🙂

Confira o que mais de legal é possível ver no Porto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *