Roteiro Amsterdam

O que fazer em Amsterdam: Roteiro de 2 dias

Não é muito difícil saber o que fazer em Amsterdam em 2 dias. As principais atrações podem ser visitadas tranquilamente nesse período.

Importante lembrar que eu considero os dois dias como sendo inteiros no local, sem os períodos de deslocamentos. Alugue a sua bicicleta e bora desbravar a capital da Holanda!

Café da Manhã

Se tem uma coisa que eu amava fazer na Europa era tomar café da manhã (e da tarde) . O fato de não ter essa refeição inclusa nas minhas hospedagens me fez conhecer algumas cafeterias deliciosas.

Em Amsterdam, eu tomei café na Coffe Company e na Nutella Ice Bakery – eu amo waffles e o desse lugar é muito bom. Recomendo!

Dia 1

Museumplain

Você pode começar o dia passeando pelo Vondelpark. O parque público é uma graça e, além de turistas, é um ponto bastante frequentado pelos locais.

Próximo passo, conhecer a Praça dos Museus e já garantir a sua foto no letreiro “I Amsterdam”. Em Museumplain, você pode visitar:

  • O Rijksmuseum é o Museu Nacional da Holanda. Ele guarda importantes obras e permite saber mais sobre a história artística e cultural do país. A principal atração é a Ronda Noturna, de Rembrant.
  • O Van Gogh Museum abriga a maior coleção do mundo dedicada ao artista.
  • Já o Stedelijk é dedicado às artes modernas e contemporâneas e ao design.

Se gostar de licores, vale visitar a House of Bols, the Cocktail & Genever Experience.

Leidseplein

A Leidseplein é uma praça bastante movimentada com cafés, restaurantes, pubs e coffeshops. Dá para aproveitar e almoçar por aqui. Eu particularmente comprei comida no mercado e fui comer em um parque. A essa altura da minha viagem a grana já estava bem curta.

Heineken experience

Eu amei fazer a Heineken Experience. Para mim, foi uma forma diferente de visitar uma empresa, fábrica e tal. Achei a experiência bastante completa com história, fabricação, patrocínios e cerveja, claro.

Principalmente na alta temporada, compre o ingresso antecipado pelo site ou em várias lojas espalhadas pela cidade.

No tour, é possível fazer uma degustação durante a visita e tomar dois chopes ao final. Além de alguns outros copos em uma espécie de aula de tirar chopp, com direito a certificado e tudo.

Bloemenmarket

Para continuar o roteiro, vamos imaginar que você ainda esteja bem depois de beber e que vá entre abril e outubro a Amsterdam. Nessa época do ano, escurece bem mais tarde e o Mercado das Flores fica aberto até às 19h.

No meu caso, eu fui ao Burguer King que tem próximo ao mercado para comer um lanche e fazer passar o efeito do Heineken Experience.

No Bloemenmarket são vendidas tulipas, bulbos de flores e sementes, inclusive de Cannabis. Além de souvenires como abridor de garrafas, imãs de geladeira, queijos, roupas, pirulito de maconha e muito mais. Fiquei lesada só de entrar em uma loja de lá chamada The Magic Mushroom Gallery.

Dia 2

Anne Frank Huis

Para visitar a Casa da Anne Frank, recomendo fortemente comprar o ingresso pela internet com uma antecedência considerável. As filas da bilheteria são enormes, há horários exclusivos para os visitantes com tickets online e os bilhetes se esgotam rapidamente. Fique atento!

Próximo a casa, há um monumento a Anne Frank e a Westerkerk – maior igreja protestante da Holanda.

Begijnhof

Quer conhecer uma espécie de Jardim Secreto de Amsterdam? Visite o Begijnhof. Ele fica bem escondido, em uma entrada discreta. Mas em seu interior há um pátio medieval com casas ao redor uma charmosa igreja.

Compras – Kalverstraat

Próximo a Begijnhof fica o Kalverstraat, o calçadão e seus arredores reúnem muitas lojas e é o ponto alto para quem gosta de fazer compras.

coração de amsterdam

Subindo até o final da Kalverstraat, você chega ao Palácio Real de Amsterdam. Próximo a ele, estão o Nieuwe Kerk, que é um templo religioso, a Praça Dam  com o Monumento Nacional e o Museu de Cera Madame Tussauds de Amsterdam.

Red Light District

Você pode seguir a Damstraat e depois subir pelo canal até a De Oude Kerk. No caminho, há coffeshops, inclusive o primeiro e mais famoso deles, o Bulldog.

Passeie pelas ruazinhas do bairro e se depare com as famosas vitrines com prostitutas. Elas ficam com roupas provocantes e é proibido fotografá-las.

Na Oudezijds Achterburgwal fica o Museu da Maconha, locais para quem quer assistir Sexo ao Vivo, o Museu da Prostituição e o Museu do Sexo. Coloque seus puderes de lado e desbrave a região.

Noite em Amsterdam

A noite em Amsterdam é bastante agitada. Há bares, coffeshops, casas noturnas e eventos culturais. Os bairros que reúnem a maior parte deles são o Jordaan, o Pijp, o Red Light e o Leidseplein.

Saiba onde se hospedar em Amsterdam!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *