Porto: transporte público e passeio noturno

Fiquei hospedada na casa de uma grande amiga no Porto, aliás, reencontrá-la era uma das minhas principais motivações para visitar Portugal.

Estava próxima a Casa da Música, que não fica exatamente perto das principais atrações, mas conseguia ir andando até elas. Sem contar que o transporte público no Porto é bom.

Transporte Público

Uma coisa muito importante em relação ao metro é que você precisa validar o seu bilhete nas máquinas que ficam espalhadas pelas estações, inclusive para as integrações.

Não há catracas, mas existem fiscais que podem pedir o seu cartão e ver se ele foi validado. Se não fizer esse procedimento, pode ter que gastar alguns euros em multas.

Além de passagens individuais, é possível comprar o cartão com 24 ou 72 horas de viagens ilimitadas a partir da primeira validação.

Ele se chama Andante Tour e pode ser usado em toda a rede intermodal, com exceção dos elétricos e do Funicular dos Guindais. Confira as tarifas e veja se vale a pena para você!

Postos de vendas: Lojas Andante, bilheterias CP com venda Andante, posto turismo do Porto e posto turismo do Aeroporto.

Os transportes públicos do Porto geralmente funcionam 24 horas durante o verão europeu as sextas, sábados e vésperas de feriados.

Diário de viagem da primeira noite no Porto

Porto

Cheguei ao Porto no começo da noite de um domingo de Páscoa. Jantamos arroz de pato e cabrito, que é a proteína tradicional da data.

Tomamos uma garrafa de Jeropiga produzida pelo pai da minha amiga. A bebida é preparada com mosto de uva -tipo vinho-, aguardente e açúcar. Não parece com Jurupinga, é bem mais gostosa.

Mostrei as músicas bombadas do Brasil e a minha amiga apresentou o É o Tchan para o marido dela. Um choque para o moço saber que dançávamos aquilo na escola.

Eles me mostraram a canção de zoeira deles, que é tocada nas festas universitárias. Vê se vocês reconhecem! Comecei a cantar e eles ficaram surpresos.

Saímos para procurar um bar, mas estava praticamento tudo fechado. Mesmo assim, a rota feita a pé já me deixou encantada pela cidade.

Passamos pela Rua Miguel Bombarda que possui várias galerias de artes.

Entramos na Estação de São Bento, o que nos permitiu observá-la sem o grande número de pessoas que circulam durante o dia pelo local. Além da arquitetura, os painéis de azulejos com temática histórica são os pontos fortes da estação.

Atravessamos a Ponte Luís I, na parte de cima, e pude ter uma vista incrível do Porto e ver o Mosteiro da Serra do Pilar.

Ainda passeamos pela Ribeira na caça por um lugar para beber bons drinks, mas o jeito foi voltar para casa e se preparar para o dia seguinte.

Continue na viagem com o Nah Estrada e veja os roteiros do Porto!

3 comentários sobre “Porto: transporte público e passeio noturno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *