Roteiro Milão

Roteiro de dois dias em Milão: Dia 1

Dá para fazer um roteiro de dois dias em Milão? Dá! Eu queria ter ficado ao menos um dia a mais? Sim! Mas mais pelo motivo de que gostei da cidade e não porque não deu tempo de ver as principais atrações.

Acredito que o que contribuiu muito para o meu encantamento por Milão foi ter ido durante a Semana de Design. Haviam muitas instalações espalhadas pela cidade e em pontos turísticos. Foi uma quebra ao que eu até então tinha visto da Itália.

Não fiquei total no centro como expliquei no post anterior e vou montar um roteiro a partir do meu tempo de viagem e localização de hospedagem. Vamos lá!

Aviso: Nesse dia eu não usei transporte público, foi tudo a pé mesmo. As coisas não eram tão próximas. Andei bastante!

Manhã em Milão

Comecei a andar por Milão mais ou menos às 13 h. Cheguei 12 h na cidade. Por esse motivo, não fiz nada pela manhã.

Acho que você pode fazer esse mesmo roteiro se tiver o dia todo, só que com mais calma. Ou ir para o bairro de Navigli visitar lojas de artesanato e livrarias e admirar os prédios antigos, as pontes e os canais.

É só separar as atrações e montar o seu roteiro de acordo com o seu tempo, está bem?

Almoço “barato”

Na Via Vittor Pisani tem vários restaurantes. A área é bastante comercial com vários prédios empresariais. Durante à noite é bem vazia. O preço da comida é mais alto em relação aos outros locais que visitei da Itália.

Consegui achar um restaurante especializado em peixes que era gostoso, saudável e mais em conta. Para variar, esqueci de anotar o nome do local. Vou ser uma blogueira melhor.

Corso Como

Fui em direção à Porta Garibaldi que é um monumento. Ao lado dela está o Eataly. Dá para já comer uma sobremesa e aproveitar o Wi-Fi. E na frente a Corso Como.

A Corso Como é um calçadão com cafés, galerias e lojas com um visual incrível. Sério, eu amei esse lugar. A decoração, a vibe, tudo.

O destaque é a 10 Corso Como. Você entra por uma portinha e não dá nada pelo lugar. No térreo há um restaurante/café/bar e uma loja. Nos andares de cima tem uma livraria maravilhosa, uma galeria de arte e um terraço que tinha até uma Ferrari exposta.

Parque Sempione

O Parque Sempione é bastante grande, bonito e tem várias atrações, como: monumentos, museus, aquário e até um palácio. Visite o Arco della Pace, Arena Civica Gianni Brera, Torre Branca, La Triennale di Milano e Castello Sforzesco.

Quando fui ainda tinha um evento de música eletrônica rolando no local.

Próximo ao parque você pode visitar a Basilica Di Santa Maria Delle Grazie e a Igreja di San Maurizio al Monastero Maggiore. Religioso ou não, as igrejas são sempre bons passeios na Europa.

Para quem gosta de fazer compras ou ver lojas, em frente a saída do castelo do parque fica a Via Dante. A rua conta com conta lojas como a Lush, a Sephora, a Lacosta, a Chicco e outras mais.

Noite em Milão: Brera

Terminei a noite no Brera que é um bairro muito animado de Milão. Lá tem vários bares, galerias, restaurante e prédios antigos. Ele abriga a Pinacoteca de Brera que é bastante conhecida.

Como falei, fui na Semana de Design a Milão. Por esse motivo, o bairro estava recheado de festas. Algumas lojas estavam abrindo os seus showrooms e artistas expondo suas obras. Era um fervo só.

Dia 2 do roteiro de dois dias em Milão!

Compras em Milão: chiques e acessíveis!

Hospedagem em Milão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *