Madrid: Roteiro de 3 dias (Dia 3)

Gosto de esportes e costumo sempre visitar estádios, ginásios e arenas esportivas, estando na Espanha não poderia deixar de conhecer a sede dos principais clubes do país e do mundo.

Santiago Bernabéu

Usei o metrô para ir até o Santiago Bernabéu, o estádio do Real Madrid. O local oferece um tour, mas achei muito caro, cerca de 20 euros.

Na tentativa de arrumar um jeito de ver o estádio por dentro sem pagar, decidi andar pelo entorno.

Foi quando eu juntei a fome com a vontade de comer e fiz a melhor descoberta: um restaurante/bar com vista para o interior da arena.

Roteiro Madri

Tomei meu café da manhã que incluía suco de laranja, baguete, café com leite e uma vista sensacional por menos de 5 euros.

O bar, que se chama Real Café Bernabéu, é bem legal, ele é bonito, reproduz alguns elementos do esporte e tem até videogame.

Plaza de Toros

Peguei o metrô novamente rumo a Plaza de Toros de La Ventas, o local ainda abriga touradas.

Fiz uma visita guiada em Português e apesar de eu odiar o que fazem com os touros, achei interessante saber como funcionam os torneios.

Conclusão: espero que eles acabem, mesmo fazendo parte total da cultural do país. Confira o preço do tour!

Roteiro Madri

Bairros alternativos

Próxima parada: os bairros vizinhos Chueca e Malasãnas. Neles estão concentrados os locais moderninhos, cool e LGBT.

Lá há restaurantes, bares, lojinhas, ruas fofas, galerias de arte, museus e o Mercado de San Antón – com comidinhas tradicionais e gourmet. Vale explorar e até curtir a noite!

Gran Vía

Por último, mas não menos importante, ande pela Gran Vía e fique louca com as megas lojas. Foi lá que eu conheci a Primark e sério não soube lidar. Ela é gigante, muito linda e tem preços ótimos.

Originalmente, a marca é inglesa, mas há filiais espalhadas pela Europa.

Confira o primeiro dia de viagem!

Veja o segundo dia do roteiro!

Madrid: Roteiro de 3 dias (Dia 2)

Caso ainda não esteja apaixonada por Madrid, no roteiro de hoje vai ficar. Para variar, fiz tudo andando nesse dia também, mas tem que ter disposição e ninguém é obrigada a nada.

Comecei pelo Museu Reina Sofia (Confira as tarifas e horários). Como fui logo que abriu, não haviam filas para comprar e nem para entrar.

Sem contar que acessei o local por uma entrada que não era a principal, ficava próxima a biblioteca e ao café.

O museu tem uma arquitetura incrível e é dedicado à arte moderna. Fique com o ticket, pois em alguns andares é preciso apresentá-lo. Comprar pela internet é um pouco mais barato.

Roteiro Madri

Subindo a Paseo del Prado, você irá ver o Real Jardim Botânico, para entrar no local é preciso pagar, porém dá para observá-lo superficialmente do lado de fora das grades.

É possível visitar também a Caixa Fórum Madrid, que tem um jardim vertical em uma de suas paredes externas.

Entrei em um bistrô na rua detrás desse centro cultural, pedi uma quiche e um suco de laranja e gastei 14 euros. Isso é muito caro. Então, perguntem o preço antes sempre. Não é vergonha.

Aproveitando a vibe cultural, próxima parada é o Museo Nacional del Prado.Não fui em alta temporada e não tinham filas, mas acredito que deva lotar e talvez valha comprar o ingresso antes pela internet.

O museu é o mais importante da Espanha e conta com obras de importantes artistas nacionais e da Europa. No seu entorno ainda é possível ver as estátuas de Velázquez e de Goya.

Roteiro Madri

Indo para a parte detrás do museu, é possível visitar a igreja San Jerónimo el Real e seguir para o Parque Del Retiro. Vale desbravar o local, passear e relaxar.

Nele encontram-se o Palácio de Cristal, o Palácio de Velázquez e o Estanque Grande del Retiro, um lago em que se pode fazer passeios de barquinhos.

Saia do parque na Praça  da Independência, onde está localizado o monumento Puerta de Alcalá, que já foi a porta de entrada da cidade.

Roteiro Madri

Seguindo a Calle de Alcalá, você chegará ao meu espaço cultural favorito de Madrid: Palácio de Cibeles. Primeiro que o edifício é maravilhoso não só por fora, mas também a parte interna.

Segundo que o terraço tem uma vista incrível da cidade. Ele é gratuito, mas é preciso pagar para ir a parte mais alta do prédio.

Terceiro, as exposições que estavam tento na época eram incríveis, sobre mulheres, deficientes, fotografia, coisas que me fazem refletir e eu adoro isso.

Roteiro Madri

Você pode conhecer a Plaza de Cibeles e andar pela parte da Paseo del Prado que ainda não conhece, vendo a Fuente de Apolo e o Monumento a Los Caídos por Espanha.

Se ainda der tempo, é possível visitar o Museo Thyssen-Bornemisza.

Confira o primeiro dia do roteiro!

Veja o próximo dia da viagem. 

Madrid: transporte público e hospedagem

Como funciona o metrô de Madrid

Minha primeira experiência no metrô de Madrid não foi das melhores, mas ele é bom e bem extenso. Veja o mapa!

Como não estamos muito acostumados com zonas e preços diferentes parece bem difícil. Mas, na verdade, há máquinas fáceis de mexer e com mais de uma opção de linguagem para você escolher.

Se eu sei calcular os valores? Claro que não. Só coloco o destino final, o preço que pede e sai o passe. risos

A tarifa individual não varia tanto assim, de 1 a 2 euros. Para embarcar ou descer no aeroporto, é mais caro, entre 3 e 6 euros.

Há ainda os passes combinados e o turístico, que é tipo passe do dia. Confira as tarifas!

Eu usei metro do Aeroporto ao hostel, do hostel ao estádio do Real Madrid, Santiago Bernabéu, e para a Plaza de Toros. O resto foi realmente TUDO a pé.

Hospedagem em Madrid

Metro e hospedagem em Madrid

As atrações são relativamente próximas em Madrid, mas acredito que o hostel em que me hospedei ajudou muito a ter fácil acesso à todos os lugares.

O Far Home Atocha é bem localizado, as camas são confortáveis, o espaço em comum é bacana, sem jogos e tal, mas para mim não faz diferença. Sem contar a vista da sacadinha. Gostei bastante!

Reservei pelo Booking e se não me engano tive que pagar algum trocado para deixar a minha mala lá antes do horário do check-in.

Confira os roteiros de Madrid! 

Chegada nada tranquila em Madrid

Talvez eu não tenha sido tão bem recebida por Madrid. Na verdade, acho que foi até bom para eu poder ficar mais esperta e ver que estar na Europa não era motivo para estar desatenta.

Metrô do aeroporto ao hostel

Peguei o metrô do aeroporto até o hostel que iria ficar hospedada. Geralmente já pesquiso o trajeto antes e deixo prints no meu celular para o caso de ir a um lugar que não tem internet.

Entrei na composição e começou uma confusão. Uma moça gritando com um rapaz e batendo nele.

O moço jovem, estiloso e bem-vestido tinha aproveitado a muvuca para pegar a carteira do bolso do casaco de um senhor.

A carteira foi devolvida, o metrô fechou suas portas e o ladrão ficou do lado de fora, provavelmente esperando uma nova vítima.

Fiz um post para ajudar a se proteger dos batedores de carteira.

Perdida no metrô

Tinha que fazer uma baldeação para chegar ao meu destino, o problema é que a opção dada pelo Google não fez sentido.

Ele havia sugerido trocar de tipo de transporte, sai da estação e percebi que se mudasse teria que pagar novamente.

Já tinha gastado acho que 6 euros no bilhete do metrô, pois quando você sai do aeroporto a tarifa era mais cara e não queria gastar mais dinheiro.

Depois de passar de um balcão de informações ao outro várias vezes, descobri que tinha que entrar de novo no metrô e pagar. Conversei com uma mulher e ela liberou minha entrada. Ufa!

Desci na estação e ela era gigante, não sabia qual a saída correta. Pedi informação e não me deram a melhor opção.

Para finalizar, estava prestes a passar pela catraca e uma mulher simplesmente passou por baixo e continuou andando como se nada tivesse acontecido. Tomei um susto!

Nas ruas de Madrid

Sai andando pela rua com a mala, perdida e com muito medo de ser roubada. A chegada foi um desastre, mas depois não tive mais problemas.

Na verdade, fiquei chateada com o que ocorreu com uma japonesa que estava no meu quarto no hostel. Ela teve seu dinheiro e documentos furtados. Não dá para vacilar!

Mas vamos falar de coisas boas, já que foi só a primeira impressão, depois foi tudo lindo!

Acompanhe o roteiro de viagem de Madrid!