Roteiro de Paris

Roteiro de Viagem de Paris: Dia 3 (Louvre, Moda e Palácios)

Chegamos ao dia 3 do nosso Roteiro de Viagem de Paris. O dia é cansativo, pois requer uma boa disposição para a caminhada. As atrações são no centro da cidade e bastante turísticas.

MUSEU DO LOUVRE

Você pode começar conhecendo a Ponte das Artes, antigamente ela era a ponte em que os casais apaixonados colocavam os seus cadeados.

O problema é que, segundo as autoridades, a pratica pode danificar a estrutura e é perigosa para as embarcações que passam por baixo dela. A vista é bonita e é isso que importa.

Chegou a hora de visitar um dos museus mais famosos do mundo: o Louvre. Ele é muito grande e claramente não dá para conhecê-lo em um dia. A dica é entrar no site da instituição, montar o seu roteiro e já ir direto nas obras que mais quer apreciar.

As obras mais concorridas são: a Mona Lisa, de Leonardo da Vinci, A balsa da Medusa, de Géricault, o a Venus de Milo e Os Escravos, de Michelangelo. Você vai gastar um período do dia aqui.

Importante: compre o ingresso antecipadamente, pois as filas costumam ser grandes. Verifique os horários de funcionamento, em alguns dias da semana é possível fazer visitas noturnas e mais vazias.

Palais Royal e JARDIN DES TUILERIES

Em torno do Museu do Louvre há duas atrações que merecem atenção: o Palais Royal e o Jardin des Tuileries.

A praça do Palais Royal é o que mais atrai os parisienses e os visitantes, ela fica no meio de vários edifícios. Nos prédios há lojas de grifes e restaurantes luxuosos.

O Tuileries é um jardim histórico e muito bonito. Dentro dele, além da vegetação, há esculturas, museus, livraria e restaurante.

Rue Saint Honoré

A Rua Saint Honoré, e sua continuação a Rue du Faouburg Saint Honoré, é bastante famosa em Paris. Ela é conhecida pelas suas lojas de luxo, perfumarias, pela gastronomia e por ter pontos culturais, como livrarias e galerias de arte.

Para entender o conceito de chique e intelectual da região visite a loja conceito Collete. O local reúne artigos de moda, música, beleza, literatura e muito mais.

Place Vendôme e Ópera

A Place Vendôme é simples, mas bonita. Em volta dela há várias joalherias chiques e o hotel de luxo Ritz.

Subindo a Rue de la Paix, você chega a Ópera de Paris. Ela fica no Palais Garnier, o edifício é maravilhoso e reúne diferentes estilos arquitetônicos.

Boulevard Haussmann e L´ÉGLISE DE LA MADELEINE

O que tem na Boulevard Haussmann? Duas lojas mundialmente conhecidas e bastante visitadas: a Galeria Lafayette e a Printemps. Dá para comprar algo nelas? Em tempos de promoção e de marcas menos famosas, sim.

Descendo a Rue Tronchet, você chega a L´Église de la Madeleine. A igreja, para variar, é bastante interessante e guarda riquezas arquitetônicas, religiosas e artísticas.

Praça da Concórdia, GRAND PALAIS E PETIT PALAIS

Pegando a  Rue Royale, você estará na Place de la Concorde com sua tradicional montanha-russa e milhares de turistas.

Siga pela Champs-Élysées até a Franklin D. Roosevelt, no caminho, observe o seu arredor e decida aonde quer parar.

Você pode visitar o Petit ou o Grand Palais, observar as esculturas e descansar nos jardins. Pare para observar a paisagem oposta do Rio Sena e aproveite essa região central de Paris.

Roteiro de 4 dias em Paris: dia 1 (Notre-Dame e Marais)

Roteiro de 4 dias em Paris: dia 2 (Cafés, Museus e Torre Eiffel)

Roteiro de Viagem de Paris: dia 4 (Arco Do Triunfo, Montmartre E Champs-Elysées)

Como andar de metrô em Paris?

Roteiro de 3 dias em Roma

Roteiro de 3 dias em Roma (Dia 2)

O segundo dia do roteiro de 3 dias em Roma mostra outras facetas da cidade. O passeio é pelos clássicos da Roma Antiga: Coliseu, Arco de Constantino, Monte Palatino, Fórum Romano, Capitólio e Piazza Venezia.

O mais legal é ter a sensação de vagar por várias épocas históricas em um mesmo local. Você anda por uma avenida asfaltada, mas embaixo há uma cidade muito antiga e olha para o lado e vê ruínas. Sério, é incrível!

Pode até parecer que o roteiro está ao contrário. Por que não começar pelo Coliseu? Eu te conto, é para não pegar fila na principal atração de Roma. Sem precisar ter o Roma Pass ou comprar o ticket antes pela internet. Você vai ver! 

Piazza Venezia

Roteiro de 3 dias em Roma

Caso esteja próximo ao hostel em que fiquei hospedada, na Via Cavour, vá em direção a Praça Veneza pela Via Alessandrina. Você já vai entrar no clima! Observe as ruínas de vários foros: Foro di Augusto, di Nerva e o Traiano. Além de mercados do Mercati di Traiano, museus e igrejas.

A Piazza Venezia é uma das mais visitadas de Roma. Ela guarda o primeiro edifício renascentista da Itália, o Palácio Veneza. É possível subir as escadarias e entrar no palácio. Dentro dele, há exposições e uma vista bacana.

Campidoglio

Roteiro de 3 dias em Roma

O Capitólio é uma das sete colinas de Roma. Nela está a Praça do Capitólio que foi projetada por ninguém menos do que Michelangelo. Além do Palazzo Senatorio, do Museu Capitolini e esculturas importantes como a da Loba alimentando os irmãos Rômulo e Remo.

Fórum Romano, Palatino e Coliseu

Roteiro de 3 dias em Roma

Entrando pelo Fórum Romano ou pelo  Paladino você vai acessar o Coliseu sem pegar fila, Roma Pass ou compra antecipada de bilhetes. O ticket do Coliseu dá direito ao acesso e pode ser comprado em qualquer um dos três locais. Confira os valores e os horários de funcionamento!

O Fórum Romano vale a visita por já ter sido o centro comercial e da vida pública de Roma, ele foi erguido no século VII a.C. Entre o Coliseu e o Monte Palatino fica o Arco de Constantino com 25 metros de altura.

Você pode fazer Fórum Romano, Coliseu, passa pelo Arco de Constantino e vai ao Palatino.

Próximo ao Palatino, na Via Aventino, tem uns restaurantes e cafés que são achados. Possuem decorações interessantes, preço em conta e comida gostosa.

Confira o primeiro dia de roteiro por Roma!

Vejo o que fazer no terceiro dia do roteiro de viagem de Roma!

Roteiro Barcelona

Barcelona: Roteiro de Viagem (Dia 2)

No segundo dia, eu optei pela bicicleta. O roteiro inclui subidas e descidas em algumas partes e o transporte público mesclado a caminhadas pode ser uma boa opção.

Confira os posts sobre aluguel de bicicletas e transporte público em Barcelona!

Considerei como ponto de partida desse dia a Praça Catalúnia.

Plaça de Catalunya

A praça e seus arredores são bastante movimentados, com muitos turistas. É um bom lugar para compras por reunir lojas conhecidas.

Font de Canaletes: símbolo da cidade e local onde se reúnem os torcedores do Barcelona para celebrar as vitórias da equipe.

Bairro Gótico

Barcelona_gotico

Portal de l’Àngel e Carrer Avinyó: ruas com lojas vintages e populares.

Plaça Sant Felip Neri: passeie pelas ruas estreitas ao redor da praça, observe os elementos históricos remanescentes do Império Romano e a igreja barroca que dá nome ao local.

Uma boa pedida para a noite é a Plaça Reial que guarda animadas casas noturnas.

Raval

Palau Güell: era a casa da família Guëll, construída por Gaudí, antes deles se mudaram para o parque. A entrada é paga.

Gran Teatre del Liceu: casa de ópera em um edifício de 1847.

Mercado de La Boqueria:  o mercado reúne uma grande variedade de comidas frescas.

La Rambla: local bem movimentado com barraquinhas e muitos turistas passeando.

Museu de Arte Contemporânea de Barcelona: além das exposições, o MACBA é um ponto de encontro entre os jovens, inclusive skatistas.

Sants-Montjuïc

Roteiro Barcelona

Me perdi horrores para chegar ao bairro, pois, como disse, estava de bike. Para mim, é sempre uma oportunidade de conhecer lugares novos fora do roteiro.

Praça Espanha: tem um monumento na parte central e centros de convenções, a Fira Barcelona.

Museu Nacional de Arte da Catalunha: a Fonte Mágica de Montjuïc e a Plaça de les Cascates compõem o visual do parque. Quando fui estava tendo um evento de bicicleta.

Eu subi a Avenida de Francesc Ferrer i Guàrdia, passei pelo Museu Poble Espanyol e me deparei com uma vista incrível.

Conheci o parque e o estádio olímpico e conheci o a Fundação Miró.

Roteiro Barcelona

A ideia era pegar o Teleférico de Montjuïc, porém não tinha onde deixar a bicicleta, até tentei subir o morro para chegar ao castelo, mas só fui até o parque Jardins de Joan Brossa.

Desci a avenida Miramar e pude apreciar a vista do Mirador del Poble Sec com vista para o porto e para as praias.

El Poble Sec

Para curtir a noite em Barcelona, visite a Carrer de Blai para a rota de tapas, petiscos e bebidas com preços mais baixos do que os das áreas turísticas.

Roteiro do primeiro dia em Barcelona!

Terceiro dia do roteiro de Barcelona!

Confira também o quarto dia de viagem!

Roteiro Barcelona

Barcelona: Roteiro de Viagem (Dia 1)

Vou basear o roteiro pela localização do hostel em que me hospedei, no bairro de Eixample, e no que eu visitei durante a minha primeira estadia em Barcelona.

O primeiro dia na cidade foi dedicado a conhecer muitas das obras de Gaudí, não por preferência, mas sim por proximidade.

Transporte: fiz todo o roteiro a pé. Veja opções de aluguel de bicicleta e transporte público.

Antes de qualquer coisa: quem foi Gaudí?

O arquiteto Antoni Gaudí (1852-1926) é um símbolo do modernismo catalão. Suas obras estão espalhadas por Barcelona e são pontos turísticos importantes.

As características dos edifícios arquitetados por Gaudí são únicas e sete de suas obras foram classificadas como Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Vila de Gràcia

O bairro é bem característico e frequentado pelos moradores de Barcelona. Nele há comércio, cafés, restaurantes, bares, praças, edifícios históricos, salas de cinema e mercados.

Vale se perder por suas ruelas e ir descobrindo novos lugares. É uma boa opção também para um passeio noturno ou no final da tarde.

Pontos a visitar:

  • Cases Ramos, onde foi filmado “Todo sobre mi madre”, de Pedro Almodóvar.
  • Carrer Gran Gràcia, rua principal de comércio da região.
  • Casa Vicens, uma das primeiras obras de Gaudì.
  • Plaça Del Diamant.
  • Plaça de la Virreina.
  • Carrer de Verdi.
  • Plaça de La Revolució.
  • Mercat de l’Abaceria Central.
  • Plaça del Sol.
  • Plaça Rius i Taulet.
  • Mercat de la Llibertat.

Park Güell

Roteiro Barcelona

O parque possui um projeto de arquitetura desenvolvido por Gaudì que foi construído para uso residencial de famílias ricas. É visita obrigatória!

A entrada no parque é gratuita, porém para acessar a Zona Monumental e na Casa Museu Gaudí é preciso comprar bilhete. Confira o horário de funcionamento e os valores.

A parte debaixo do parque já tem uma vista legal, mas o topo recompensa o sacrifício da subida. Quando fui ainda tinha um artista tocando música e completou a experiência.

La Sagrada Familia

Roteiro Barcelona

A obra de Antoní Gaudí é uma construção até hoje inacabada. Ela surpreende por sua arquitetura e acredito que seja o ponto turístico mais disputado de Barcelona.

O acesso a capela é gratuito, quando fui estava tendo um batizado e foi preciso esperar que ele fosse finalizado para entrar.

Há diferentes tipos de visitas e preços de acesso à Basílica e é recomendado comprar os bilhetes com antecedência. Confira aqui os valores e os horários de funcionamento!

Passeig de Gràcia

Roteiro Barcelona

A avenida possui lojas de grifes famosas, cafés e restaurantes.

Importantes prédios arquitetados por Gaudì: Casa Milà, também conhecida como La Pedrera, e Casa Batlló estão no local.

Além de museus, como La Casa Amatller e o Museu do Perfume, galerias de arte, centros culturais e prédios históricos.

O que fazer à noite nesse dia em Barcelona?

Para tomar um drink, comer, relaxar ou até mesmo conhecer mais um lugar bonito, vá ao El Nacional. O local reúne restaurante e bares, inclusive com tapas.

Pronto para o segundo dia do roteiro!

Lisboa: Roteiro de 3, 4 e 5 dias (Dia 3)

O roteiro desse dia abrange lugares um pouco mais distantes do centro, mas estamos falando de cerca de uma hora de tempo gasto no trecho mais longo: Oriente-Belém.

Parque das Nações

Ir ao Parque das Nações é conseguir ter uma visão diferente de Lisboa. Na região estão áreas mais modernas, que não seguem a tradicional arquitetura vista na região central.

Roteiro Lisboa

Lá há um Oceanário grande e muito bonito. Aconselho comprar o ingresso antes, pois as filas são longas. Se você estiver viajando com crianças, o passeio é imperdível.

Outra atração legal é o teleférico que garante uma vista panorâmica do parque, dos bairros arredores, do Rio Tejo e da Ponte Vasco da Gama.

Nos pavilhões destinados a encontros internacionais há alguns restaurantes. Pode-se também aproveitar o shopping para fazer comprinhas e almoçar.

O MEO Arena também fica no Parque das Nações e é local onde acontecem os grandes shows de artistas consagrados.

Os portugueses costumam frequentar o local aos domingos. Fui em um feriado e estava bem cheio.

Belém

Da Estação Oriente sai um ônibus com destino a Belém-Jerônimos. Ele irá parar no Mosteiro dos Jerônimos. Ele é realmente incrível por dentro e por fora. A área da igreja é gratuita!

Próximo a praça do Império está o Centro Cultural de Belém, que além de exposições, tem eventos musicais, restaurante, loja e um terraço ótimo para descansar.

Roteiro Lisboa

Em frente é possível avistar o Padrão do Descobrimento, um monumento símbolo das conquistas portuguesas, que, sim, nós poderíamos ter ficado sem essa.

Andando mais um pouco chegasse a um ponto turístico famoso de Lisboa: a Torre de Belém.

Roteiro Lisboa

Para fechar o seu passeio com chave de ouro coma e leve para viagem o original Pastel de Belém. Só de pensar já dá água na boca. Foi o melhor da vida!

Nos outros lugares o tradicional doce português é chamado de Pastel de Nata. Acho que o segredo é ele quente com canela em cima.

Tem bolinho de bacalhau também. Aliás, uma curiosidade, eles são vendidos em tipo botecos em Lisboa e são baratos, cerca de 1 euro.

Fora o da Casa Portuguesa, que fica na Rua Augusta no centro. Ele vem com Queijo Serra da Estrela. O nome também muda é Pastel de Bacalhau e não bolinho. Outra maravilha portuguesa!

bolinho_de_bacalhau

LX Factory

Desça na LX Factory finalize o dia entre as lojinhas, bares, restaurantes e até dá para pegar uma balada. O Viaje na Viagem fez um post sobre esse lugar.

Roteiro de Lisboa dia 1

Roteiro de Lisboa dia 2

Roteiro dos dias 4 e 5!

Lisboa: Roteiro de 3, 4 e 5 dias (Dia 2)

Transporte público em Lisboa

No segundo dia do roteiro de Lisboa você pode optar pelo bilhete diário Carris/Metrô.

Ele te dá direito a um número ilimitado de viagens em todos os transportes: ônibus, bonde, metrô, ascensor e até no Elevador de Santa Justa. Durante 24 horas, contadas a partir da primeira validação.

Cuidado com seu cartão, pois batedores de carteira levaram o meu na minha primeira viagem. Falei como combatê-los em um outro post. Há outras formas de tarifas de transporte público em Lisboa.

Elevador de Santa Justa

Comece o dia pelo Elevador de Santa Justa, ele funciona das 7h às 23h, de maio a outubro e até às 22h no restante do ano. Você pode subir de manhã e à noite para ver a cidade em diferentes momentos, mas tem que ter paciência com a fila.

Roteiro Lisboa

Quando chegar na parte de cima, depois de observar a vista, claro, siga para o Museu Arqueológico do Carmo.

O edifício é o maior monumento gótico de Lisboa e era um convento antes de ser atingido pelo terremoto de 1755.

Ao lado dele tem o Museu do Exército, ou algo assim, com entrada gratuita. Desça a Calçado do Carmo e chegue até Praça do Rossio. Ande até a Praça da Figueira, note a estátua de Dom João I e a feirinha que acontece no local.

Depois, vá a Igreja de São Domingos. Ela sofreu um incêndio nos anos 50 e nunca foi totalmente restaurada, guardando marcas do incidente.

Siga até a Praça dos Restauradores, ao seu redor também há alguns museus, cafés, restaurantes e galerias de arte.

Bairro Alto

Pegue o Ascensor da Glória, que também aceita o bilhete do dia, e siga para o Bairro Alto através da Calçada da Glória.

Roteiro Lisboa

Você irá sair no Miradouro de São Pedro de Alcântara e poderá curtir outra vista panorâmica de Lisboa.

Seguindo pela Rua Dom Pedro V, chegasse ao Jardim do Príncipe Real, ao Jardim Botânico da Universidade de Lisboa e ao Museu da História Natural.

Você pode pegar um ônibus até o Jardim da Estrela, que dá uns 10 minutos, e conhecer também a Basílica da Estrela.

Mercado da Ribeira

Desça com o bonde até o Mercado da Ribeira, sério, aqui tem todo o tipo de comida e tudo é muito maravilhoso.

Fui em vários dias e provei Caldo Verde, um prato de Bacalhau preparado por um chef que tem sua tenda lá e bolinhos de vários recheios.

Roteiro Lisboa

Depois de estar bem alimentado, o que acontece praticamente o dia inteiro em Portugal, visto que é bem difícil resistir a todas as delícias da terrinha, #partiuchiado.

Bairro alto

Suba até a Praça Luís de Camões e se depare com mais duas igrejas: Igreja do Loreto e Igreja da Nossa Senhora da Encarnação.

Nas proximidades, na Rua Garret, fica o Café a Brasileira. O lugar em que os turistas param para tirar a tradicional foto com a estátua do Fernando Pessoa.

Na mesma rua fica a Bertrand Livreiros, uma livraria de 1732, conhecida por ser a mais antiga do mundo.

Lojas

Esse bairro é bem comercial, então, conta com várias lojas e até um shopping. Cheguei a ver a Havaianas e o Boticário.

Aliás em Portugal tem pão de queijo, brigadeiro, quindim, caipirinha, pastel e outras coisinhas brasileiras.

Eles conhecem nossos artistas e sabem muito sobre a gente, inclusive entendem mais o que falamos do que nós a eles. Devem ser as novelas. Uma amiga disse que o auge de um ator português é trabalhar no Brasil.

Uma loja que eu gostei muito e depois até achei em outros lugares da Europa foi a Tiger. Ela vende objetos fofinhos de decoração e itens úteis para viajantes, como: tampão de ouvido, máscara para dormir, fones, carregador, potinhos, cadeado, elástico para mala e mais.

a melhor Vista panorâmica de lisboa

Veja o pôr do sol no Miradouro da Senhora do Monte. É realmente incrível, geralmente rola uma música e algumas pessoas levam bebidas.

Roteiro Lisboa

COMO CHEGAR AO MIRADOURO DA SENHORA DO MONTE

Para chegar até lá eu passei por momentos de medo e cansaço. Segui as coordenadas do Google Maps do que seria um caminho fácil com duração de 10 minutos.

Peguei o metrô no Baixa-Chiado e desci no Intendente. O resto do percurso era para ser feito a pé.

Quando desci já notei que o bairro era bem diferente, só haviam imigrantes, nada contra, e na gigantesca maioria homens.

Comecei a andar e um deles começou a me seguir, queria dinheiro. Virei na rua indicada e no começo ela era deserta, mas depois tinham vários bares só com homens, eu passava e eles ficavam encarando.

Sai dali, fiz o caminho mais longo e comecei a subir o morro, o que me fez encontrar com caras que realmente mexiam. Vi que havia um grupo de turistas mulheres e me juntei a elas para sentir segurança.

Resumindo: não siga a indicação do Google Maps, pode parecer, mas não é a melhor opção.

Uma alternativa é descer na Martim Moniz e subir de Tuk Tuk. Acho que dá para pegar um bonde, mas o Google não fala nada sobre. A subida até lá é pesada, mas se tiver em grupo vale encarar.

Do Miradouro da Senhora do Monte eu ainda andei até a Igreja e Convento da Graça que também tem uma vibe boa e uma vista legal de Lisboa

Roteiro Lisboa

Dali é possível pegar um bonde em uma rua próxima, descer até a Martim Moniz e pegar o metrô.

Volte para o Bairro Alto à noite e veja como ele é badalado, cheio de bares e restaurantes.

Confira o dia 1 do Roteiro de Lisboa! 

Roteiro do terceiro dia em Lisboa!

Roteiro dos dias 4 e 5!

Minha primeira viagem pela Europa

Viajar pela Europa, visitar vários países, fazer aquele mochilão, sempre foi meu sonho e deve ser o de muita gente também, claro!

Como mencionei no post: “Como planejar uma viagem pela Europa“, eu já tinha em mente quais os países que gostaria de conhecer, mas tive que fazer pequenas modificações por causa de dinheiro, tempo ou lógica de rota.

Vou resumir aqui o meu roteiro de viagem, mas depois vou destrinchar tudo em outros posts, para quem sabe ajudar alguém a começar organizar a sua própria trip ou simplesmente entender o meu mochilão como um todo.

Viajei entre março e abril por cerca de 40 dias.

Portugal

Comecei a viagem por Portugal, o que foi bom para me familiarizar com a Europa sem deixar de me sentir em casa.

Lisboa_Portugal

Bate e volta: Sintra. Poderia ter feito Cascais ou Óbidos, mas no dia programado estava chovendo.

Tempo de permanência: 5 dias

Como cheguei: avião.

Tempo de permanência: 3 dias

Como cheguei: trem.

Espanha

O ambiente já era outro, as pessoas também, não era como eu imaginava, conseguia ser melhor.

Barcelona_espanha

Tempo de permanência: 4 dias

Como cheguei: avião.

Tempo de permanência: 5 dias

Como cheguei: trem.

Itália

Sempre quis conhecer a Itália e quando pisei nela, me apaixonei. Não queria mais ir embora!

Roma_itália

Bate e volta: Castel Gandolfo, região do Lácio.

Tempo de permanência: 5 dias

Como cheguei: avião.

Bate e volta: Pisa e Lucca.

Tempo de permanência: 3 dias

Como cheguei: trem.

Tempo de permanência: 2 dias

Como cheguei: trem.

França

Não estava nos meus planos iniciais, mas pela lógica da minha rota de viagem, inclui e não me arrependo nem por um segundo.

Paris_franca

Tempo de permanência: 4 dias

Como cheguei: trem.

Holanda

As flores, o clima e as bicicletas. Precisa de mais para querer muito conhecê-la? Para mim, não!

Amsterdam_Holanda

Tempo de permanência: 3 dias

Como cheguei: ônibus.

Inglaterra

Não sei nem o que falar, apenas sentir. Muito amor!

Londres_Inglaterra

  • Londres

Tempo de permanência: 5 dias

Como cheguei: ônibus.

Os lugares que tive que abrir mão: Suíça, Bélgica e Alemanha. Fica para a próxima!

Acompanhe todos os posts sobre a Europa!