Como escolher o seu voo?

É óbvio que pegar voos diretos é sempre a melhor opção, mas como nem sempre isso é possível, fique atento a algumas dicas na hora de escolher a sua conexão.

Dicas para voos com conexão

  1. Verifique o tempo que você terá para fazer a sua conexão. Eu não aconselho que ela seja feita em menos de uma hora em viagens internacionais. Se o seu voo atrasa ou há qualquer problema na imigração você perde o horário do próximo avião.
  2. Caso você queira sair do aeroporto para conhecer a cidade, faça escalas de pelo menos cinco horas.
  3. Para ter certeza se o tempo da sua conexão será suficiente, é sempre bom entrar em contato com a companhia aérea. Pergunte se você terá que despachar a mala novamente e se terá que passar pela imigração.
  4. Nos Estados Unidos, no México e até mesmo aqui no Brasil, por exemplo, você tem que passar pela imigração na primeira parada no país. Mesmo que seja só de passagem e tem que pegar a bagagem e despachar novamente. Há países em que a sua bagagem vai direto e você só passa pela imigração se sair do aeroporto. O que reduz bastante o tempo gasto em uma troca de avião.
  5.  Fique atento ao peso e quantidade de bagagens. Cada país tem sua própria regra em relação a isso. No Brasil, para voos internacionais você pode voltar com duas malas, pesando 32 quilos cada uma e uma bagagem de mão de até 10 quilos. No México, por exemplo, é só uma mala. Para ter certeza é legal entrar em contato com a companhia aérea para esclarecer essa dúvida também.
  6. Cuidado com as taxas extras, alguns países tem permissão para cobrar pela a sua bagagem. Quando fui ao Chile, por exemplo, na volta precisei pagar pela minha mala. No Brasil, essa prática é proibida. Então, fique atento que o barato pode sair caro.

Minha experiência com a aeromexico

20140102_115918

Eu voei pela Aeroméxico de São Paulo até Los Angeles, com escala na Cidade do México. Na hora do check in descobri que minha conexão não teria tempo hábil. Então, a companhia me deu um vale para passar a noite em um hotel próximo ao aeroporto e outro ticket para refeições.

Quando cheguei ao México e vi a fila da imigração, tive a certeza de que isso não seria mesmo possível. Demorei uma hora só aí.

Imigração no México

No México, mesmo se você for somente fazer uma escala, eles fazem uma espécie de sorteio para revistar a sua mala. Você tem que apertar um botão, se ele ficar verde, você passa direto, mas se ficar vermelho, você é obrigado a abrir sua mala e eles olham tudo.

Outra coisa importante no aeroporto do México é que eles mudam os portões de embarque na última hora, portanto fique atento a isso para não perder o seu voo.

Na volta fiquei cerca de sete horas neste aeroporto, é bem cansativo, mas na hora de comprar a passagem, como deixei para a última hora, só tive essa opção.

Saiba como o que fazer na Califórnia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *