Porto: roteiro de 2 dias (Dia 1)

Fiz o roteiro todo a pé, mas é porque gosto mesmo de andar. Dá para usar o transporte público ou pegar táxi.

Não visitei nessa ordem e algumas atrações nem foram no mesmo dia, pois no meu primeiro dia estava chovendo e tive que optar por passeios em locais fechados.

Pode-se começar o passeio pela Capela das Almas ou Capela de Santa Catarina. A igrejinha é toda revestida de azulejos. Ela foi construída no começo do século XVIII e é uma graça.

capela_das_almas

Durante a tarde a capela fecha por algumas horas. Por isso, confira os horários de funcionamento, se a intenção for visitar o interior do local religioso.

Ande pela Rua de Santa Catarina que é fechada para veículos da Praça da Batalha até a Rua Firmeza. Ela é a principal rua de comércio popular do Porto e conta com lojas conhecidas, cafés e mercearias.

Próxima parada: Mercado do Bolhão. Trata-se de um mercado tradicional que vende frutas, verduras, flores e peixes. Há também alguns restaurantes simples.

Passeie pela Avenida dos Aliados e admire as construções do Porto. Para ter uma vista panorâmica da cidade suba a Torre dos Clérigos.

Um pouco abaixo da torre está o Centro Português de Fotografia, com entrada gratuita.

Conheça os murais de azulejos do interior da Estação de São Bento.

Como comer em Portugal faz parte do passeio, dê uma parada no Nata Lisboa e saboreie os Pastéis de Nata quentes e com canela. Amo!

Aproveite para conhecer a Rua das Flores, uma das mais charmosas do Porto com cafés e lojinhas.

É possível fazer uma visita guiada no interior do Teatro Nacional São João de terça a sábado, às 12h30. Custa 5 euros por pessoa, mas há um passe conjunto: Casa da Música + Serralves + Teatro Nacional São João por 14,50 euros.

O almoço pode ser na tradicional Casa Guedes. O espaço é pequeno e geralmente está cheio, mas o lanche de pernil com queijo da serra é bem gostoso.

Próxima parada, Sé do Porto. A igreja tem uma pegada medieval e uma vista incrível da cidade.

Vista_Porto

Desça até o Palácio da Bolsa. Fiz uma visita guiada e foi bem interessante. No caminho passe pela praça onde fica o Palácio das Artes.

Entre na Igreja Monumento de São Francisco, tem que pagar, mas embaixo tem túmulos e ossadas.

Divirta-se andando às margens do Rio Douro, nas lojinhas e restaurantes da Ribeira, observando a arquitetura dos edifícios de um dos bairros mais antigos da cidade.

Atravesse a Ponte Dom Luís I e  visite o Espaço Porto Cruz. Ideal para saber mais sobre a história e a produção do Vinho do Porto. O edifício tem entrada gratuita.

Na Vila Nova de Gaia ficam os armazéns do Vinho do Porto. As cavas podem ser visitadas e a maioria paga para entrar.

Roteiro Porto

Jantamos a famosa e tradicional Francesinha no Tappas Caffé da Madalena, mas há outros pela cidade. O local é bastante aconchegante com uma decoração rústica. O prato é feito no forno a lenha.

A Francesinha é tipo um sanduíche recheado com vários tipos de carnes, queijo, um ovo em cima e coberta com um molho. Acompanha fritas também. É gostosa, mas não consegui comer tudo.

Tem um molho chamado de “Molho à Homem”, não provei, mas dizem que e é só para os fortes. Tomamos sangria e finalizamos com um Xiripiti, só sei que um copo tem a bebida alcoólica e no outro uma docinha. A ideia é misturar as duas e tomar.

Confira o segundo dia de passeio pelo Porto! 

Roteiro Harry Potter no Porto!

Um comentário sobre “Porto: roteiro de 2 dias (Dia 1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *